INFORME: DOAÇÕES PARA A MANUTENÇÃO DO PROGRAMA NO AR PODEM SER FEITAS ENVIANDO SOLICITAÇÃO PARA O ZAP (22) 99969-1632. POIS SERÁ PASSADA AS INFORMAÇÕES BANCÁRIAS PARA DEPÓSITO. DESDE JÁ AGRADECEMOS SUA ATENÇÃO E COLABORAÇÃO.
JÁ PENSOU EM ANUNCIAR?

"TORNE-SE UM APOIADOR CULTURAL DO PROGRAMA! FAÇA SUA MARCA SER BEM VISUALIZADA E AO MESMO TEMPO AJUDE O PROGRAMA A MANTER ESSE IMPORTANTE TRABALHO DE DIVULGAÇÃO DA DOUTRINA ESPÍRITA. INTERESSOU? ENVIE UM ZAP PARA (22) 99969-1632 (FALAR COM O RENATO) E CONHEÇA TODOS OS DETALHES!!!

Middle

Teste ggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggg

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Ano Novo... um bom momento para a reflexão e reforma íntima!

Existe circulando na internet um texto de autoria desconhecida que ilustra muito bem o pensamento espírita para a chegada de mais um ano novo. Um texto muito interessante sobre o livre-arbítrio e que deixamos aqui com muito carinho para todos os visitantes do site do programa.

Um feliz 2016 repleto de amor, tolerância, caridade, humildade, união e paz!

Att. Flávio Ribeiro (adm. do site)


Um feliz livro novo para todos nós!


Eis o texto:

"Quando "2015" começou, ele era todo seu. 
Foi colocado em suas mãos...
Você podia fazer dele o que quisesse...
Era como um livro em branco, e nele você podia colocar um poema, um pesadelo, uma blasfêmia, uma oração.
Podia...
Hoje não pode mais, já não é seu.
É um livro já escrito... Concluído.
Como um livro que tivesse sido escrito por você, ele um dia lhe será lido, com todos os detalhes, e você não poderá corrigi-lo. 
Está fora do seu alcance.
Portanto, antes que "2015" termine, reflita, tome seu velho livro e o folheie com cuidado. Deixe passar cada uma das páginas pelas mãos e pela consciência, faça o exercício de ler a você mesmo. Leia tudo...
Aprecie aquelas páginas de sua vida em que você usou seu melhor estilo. Leia também as páginas que gostaria de nunca ter escritas. Não, não tente arrancá-las. Seria inútil. Já estão escritas.
Mas você pode lê-las, enquanto escreve o novo livro que lhe será entregue. Assim, poderá repetir as boas coisas que escreveu, e evitar repetir as ruins. 
Para escrever o seu novo livro, você contará novamente com o instrumento do livre-arbítrio, e terá, para preencher, toda a imensa superfície do seu mundo. 
Se tiver vontade de beijar seu velho livro, beije-o. 
Se tiver vontade de chorar, chore sobre ele e, a seguir, coloque-o nas mãos do criador. Não importa como esteja...
Ainda que tenha páginas negras, entregue e diga apenas duas palavras: obrigado e perdão!
E, quando "2016" chegar, lhe será entregue outro livro, novo, limpo, branco, todo seu, no qual você irá escrever o que desejar..."

(autor desconhecido)

* tenham todos um feliz livro novo!

0 comentários:

Postar um comentário